Resenha: Maionese Light Tô de Cacho

Já faz um tempo que foi lançada a Maionese Capilar Tô de Cacho da Salon Line e eu demorei um tempo para achar a versão light, que é liberada para low poo. Depois que comprei passei mais algum tempo testando e, finalmente, vim fazer resenha.

Mas por que uma maionese para cabelo? É muito comum entre as crespas e cacheadas usar a maionese comestível em receitinhas caseiras, já que ela é bem oleosa e fornece uma nutrição poderosa para os fios. Daí a Salon Line teve essa ideia de adaptar para um produto capilar. Vamos conhecê-la melhor.

 

O QUE DIZ A MARCA?

Pensou numa NUTRIÇÃO TURBINADA? Nós pensamos e temos certeza que você está procurando! Ebaaa, acabou de encontrar! Essa maionese CAPILAR LIGHT é dos Deuses. Um sucesso só! Light só porque ela é livre de sulfato, parabenos, petrolato, parafina e óleo mineral… fora isso, possui uma hidratação de tirar o fôlego! Adeus cabelo embaraçado e ressecado! Aqui só tem emoliência e nutrição! Tudo isso ainda com um cheirinho incrível! Eeee delícia de produto! Então vamos arrasar?! 😉

SUGESTÃO DE USO

Após lavar os cabelos, aplique a maionese CAPILAR LIGHT – UMA NUTRIÇÃO TURBINADA mecha por mecha, massageando do comprimento até as pontas. Deixe agir de 3 a 5 minutos. Enxágue. Para melhores resultados, use a linha completa #TodeCacho de sua preferência. Dica: Se o cabelo estiver extremamente ressecado, você pode fazer umectação noturna apenas com a maionese Capilar Light ou misturá-la com um dos nossos Óleos de Umectação para um tratamento turbinado. A maionese Light #TodeCacho é um tratamento cosmético extremamente nutritivo por ter uma grande concentração de óleos e a mistura do óleo de umectação + a maionese Capilar Light só deve ser feita se o cabelo estiver muito ressecado, pois caso contrário, poderá pesar nos fios. Quando a saúde do fio estiver recuperada, indicamos o uso a cada 15 dias. Para curvaturas 2ABC e 3A, indicamos a aplicação no comprimento dos fios evitando a raiz.

COMPOSIÇÃO

Aqua, Cetearyl Alcohol, Hydrogenated Soybean Oil, Glycerin, Behentrimonium Methosulfate, Hydrogenated Vegetable Oil, PEG-90M, PEG-150/Decyl Alcohol/SMDI Copolymer, Cetrimonium Chloride, Behentrimonium Chloride, Cocos Nucifera Oil, Parfum, Disodium EDTA, BHT, Citric Acid, Olea Europaea Fruit Oil, Sesamum Indica Seed Oil, Albumen, Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiazolinone, Cetyl Alcohol, Quaterninum-33, Cl 19140, Cl 15985, Hexyl Cinnamal, Linalool. 

LIBERADA PARA NO E LOW POO!

 

O QUE EU ACHEI?

Em primeiro lugar, é muito importante não confundir a Maionese Tô de Cacho da embalagem de tampa laranja, que não é liberada para as técnicas de low e no poo, contém petrolatos e silicones. A Light que é liberada, tem a tampinha azul.

 

Dando uma olhadinha na composição, a Maionese Tô de Cacho é rica em glicerina, componente muito hidratante, alguns óleos e proteína do ovo, um ingrediente comum na maionese comestível. A consistência e cor parecem muito também, mas pode ficar tranquila (o), o cheiro não é igual. A fragrância é a mesma dos outros produtos da linha Tô de Cacho que, particularmente, eu adoro.

 

A marca sugere dois tipos de usos, como vimos acima. O primeiro é como uma máscara normal, depois de lavar, deixando agir como de 3 a 5 minutos. E o segundo modo é como uma umectação noturna.

O uso como uma máscara de nutrição normal, após lavar o cabelo, é bom, deixa o cabelo macio e definido. Mas esperava algo mais potente, como a embalagem mesmo diz que é uma nutrição poderosa e em alguns cabelos pode até pesar. Como eu faço luzes, eu precisava de uma máscara de nutrição mais power e achava que seria essa, mas não foi o que aconteceu. Preciso até de uma quantidade considerável para meu cabelo, ela não chega a derreter quando passo. É boa, mas não é SUPER nutritiva como eu esperava, entenderam?

Já como umectação, eu confesso que não fiz noturna, porque achei meio estranho por ser um creme muito consistente e não um óleo. Já fiz umectação noturna com outra máscara, a Umectação de Oliva da Lola (resenha aqui), mas ela é mais leve e passando no cabelo fica mais parecida com um óleo. A Maionese eu experimentei como umectação por algum tempo antes de lavar o cabelo, misturando com o Óleo de Coco Puríssimo Tô de Cacho (resenha aqui). Dessa forma eu gostei bastante, é um tratamento mais profundo que dá muita definição e maciez. Vejam o resultado no meu cabelo, essas fotos são do day after. Um pouquinho de frizz, mas bem definido.

 

Diferente do que a marca sugere, não acho que ela pesa nos fios. Então acho tranquilo usar mais de uma vez na semana. Onduladas e de cabelo liso também podem usar.

Eu paguei R$ 16,90, a embalagem é de 500g, mas com certeza vocês encontram por menos (pelo menos em São Luís). Como eu estava com dificuldade em achar a Maionese Light, quando achei comprei logo. Achei que foi uma boa compra. Apesar de não corresponder a todas minhas expectativas, é um bom produto.

Se você já usou, deixe nos comentários sua opinião.

Até a próxima!

 

Resenha: Shampoo Tratamento Pra Arrasar #ToDeCacho Salon Line

Há algum tempo eu queria experimentar esse shampoo da linha #ToDeCacho da Salon Line, já que ele me chamou muita atenção com a embalagem escrita “cachos ressecados jamais!”. Eu já comentei algumas vezes que tinha o maior problema em achar um shampoo que não ressecasse meu cabelo, mesmo os sem sulfato. A resenha de hoje é uma das soluções para isso. Vamos lá!

 

img_0810

 

O QUE DIZ A MARCA?

Difícil confiar em um Shampoo que limpa e não resseca os fios? O Shampoo Tratamento Pra Arrasar nasceu para acabar com o temos das espumas! União mais que perfeita de espuma e hidratação que você sempre sonhou! Seu cabelo limpo e livre do ressecamento! Porque vamos combinar… hidratação é tudo! Duvida?! Experimente…e saia arrasando por aí! 😉

Óleo de Coco Extra Virgem: rico em ácidos graxos, ômegas 6 e 9, vitamina E e antioxidantes.

Manteiga de Oliva: rico em vitamina A, D e K, antioxidantes e extra emoliência.

D-Pantenol: hidratação de longa duração, maciez e brilho.

 

COMPOSIÇÃO

Aqua, Disodium EDTA, Polyquaternium-10, Hydroxyethylcellulose, Glycerin, PEG-14M, Polyquaternium-7, Cocamidoprpyl Betaine, Parfum, Methylchloroisothiazoline, Methyllisothiazoline, DMDM Hydatoin, Olea Europaea Fruit Oil, Elaeis Guineensis Kernel Oil, Cocos Nucifera Oil, Panthenol, Hexyl Cinnamal, Linalool.

LIBERADO PARA LOW POO! (não confundir com outro shampoo tô de cacho que não é liberado)

 

O QUE ACHEI?

É um shampoo bem leve, bem líquido e transparente. O cheirinho é muito bom, como todos os produtos da linha Tô de Cacho. A embalagem uma fofura também.

img_0812

 

Ele não faz muita espuma, mas faz uma boa limpeza. Só que não deixa aquela sensação de couro cabeludo limpo, o que pode ser um ponto negativo para muitas pessoas. Eu acabo usando mais de uma vez para garantir a limpeza e por ser muito líquido, acho que não está rendendo muito. Mas é um produto eficiente, já removi umectação com ele e deu certo.

No geral, eu gostei muito. Realmente não resseca nem um pouco os cachos e tem uma composição maravilhosa. Além dos óleos e pantenol citados acima, tem ainda glicerina, componente hidratante e o Cocamidoprpyl Betaine é o responsável pela limpeza.

Paguei R$10,00 por essa embalagem de 200ml. A linha possui ainda condicionador, mas ainda não usei.

P.S.: é importante lembrar que esse shampoo, por não conter sulfato, não retira petrolatos e silicones insolúveis. Se você usa produto com esse tipo de substância, ou seja, não faz low poo, precisa alternar com outro shampoo comum  para fazer a limpeza correta.

Quem já usou esse produto? O que acharam?

Beijo!

 

patty