Depois a louca sou eu – Tati Bernardi

DEPOIS A LOUCA SOU EU

Eu gosto da Tati Bernardi desde que as frases que nunca saberemos se eram dela rolavam pela timeline do Tumblr lá em 2009. Apesar de esse ter sido o primeiro livro dela que chega às minhas mãos, eu já me identificava com os textos que encontrava em seu site ou no portal da Folha de S. Paulo, onde ela é colunista.

Quando, já do meio pro final da novela, eu descobri que ela era uma das colaboradoras de A Vida da Gente (2012), exibida no horário das seis na Rede Globo, eu quis voltar todos os capítulos só pra ver se reconhecia alguma traço da personalidade de Tati na novela. Mas no final achei que toda a aura da narrativa era muito parecida com ela.

Depois a louca sou eu é um livro que não fala sobre os outros, não fala sobre os problemas do mundo e nem sobre as questões em pauta nos jornais. Fala sobre a Tati Bernardi. Mas também não é uma biografia.

Por trás da capa derrubei-meu-marca-texto-verde-limão tem uma mulher na casa dos trinta anos se desmanchando para seus leitores e contando todas as coisas que tiram seu sossego ou atormentam sua paz. Em 90% do livro algum remédio antidepressivo comanda a história ou é o protagonista da cena. Tati conta nos mínimos detalhes como é ser dependentes de bulas e cartelas de comprimidos. “As boas drogas têm SAC”.

Mas não é uma romantização da ansiedade ou das crises de pânico. É de verdade. Tão de verdade que quase te faz sentir os enjoos e a suadeira ao entrar no avião, ou a necessidade de tomar 0,25g de Rivotril pra ver se a coisa melhora. Tão de verdade que você quase se sente meio depressiva também.

Os textos também têm uma dose de humor característica dela. Quando ela conta sobre seus namorados e suas transas, ou como é trabalhar com gente importante que trabalha na Globo. Ela deixa claro que apesar de ser roteirista, publicitária, escritora, funcionária de uma grande emissora e com alguns filmes e novelas/programas no currículo, ela é gente como a gente. Ela vomita, vai ao banheiro, tem medo, ânsias, vontades, chatices, cansaço, tristeza.

Tati deixou que nós entrássemos em seu mundo e déssemos opiniões, fizéssemos julgamentos. Que a gente pode achar a história dela toda uma frescura, mas que mesmo assim ela está lá escrevendo sobre ela.

A parte mais feliz é o último texto, quando ela diz orgulhosa que depois de tanto sufoco contado no livro, ela está há meses sem tomar nenhum remédio. Não que ela esteja totalmente curada das crises, mas que a vida voltou a ser normal do jeito que ela considera normal. E mesmo que tudo possa mudar no minuto seguinte, ter mais um dia para contar que não tomou nada é mais um dia feliz.

“Eu posso voltar a tomar remédios daqui a dez minutos, mas o fato é que neste minuto estou muito bem. Na real não estou muito bem, para falar a verdade estou até meio mal, mas estou um tanto mais parecida comigo”.

A Tati é louca, mas é legal.

Editora: Companhia das Letras

Ano: 2016

Preço: 34,90

Vocês podem ler resenhas de outros livros lá no meu bloguinho literário: Quarto Andar.

Beijinhos,

Marca Sabryna

Livro: Cafés Amargos

Olá, como vocês estão? Hoje tenho uma dica de livro e um muito especial, pois a autora é ninguém menos do que nossa amiga Sabryna Mendes. Adquirir “Cafés Amargos” foi um dos primeiros contatos que tive com ela (só depois compartilhamos a ideia do blog). Assim que soube, quis logo ler. Romance de escritora maranhense e próxima de mim, eu precisava conferir!

 

11828781_852549381489406_6822947137038696234_n

 

“Cafés Amargos” é um romance que conta a história de Tomás, um escritor que vive um fase difícil de falta de inspiração e perspectiva. Ele não consegue reagir à má fase e se arrasta durante os dias, numa rotina torturante. Até que um encontro com uma vizinha desperta um sentimento de anos atrás, renovando sua vida e dando nova inspiração.  Mas não é tão simples assim, Tomás tem que superar suas próprias barreiras para se reerguer desta fase e ser feliz com as novas oportunidades. O café faz parte do cenário, acompanhando as reviravoltas que se apresentam.

A maneira como a história é contada nos envolve desde o começo. As idas e vindas no tempo fazem com que a gente fique a par da história e ao mesmo tempo dá ansiedade pelos próximos acontecimentos. A linguagem é leve e é um  romance que traz diversas reflexões, tanto de motivação pessoal, quanto de relação familiar e postura diante de situações adversas.

Cafés é curtinho e de linguagem fácil, atrativo para diversos tipos de leitores. Apesar de poder terminá-lo rapidinho, preferi me deliciar com ele alguns dias, torcendo para não acabar! Acho que todos nós precisamos de histórias leves como essa no nosso dia a dia. Nos tiram da nossa rotina, mas ao mesmo tempo, dialogam com ela.

Fiquei encantada com o talento da Sabryna com as palavras e como ela nos envolve na história! Deu para compartilhar da angústia e dos alívios de Tomás em vários momentos.

Detalhe importante: o livro foi vencedor do 35º Concurso Literário “Cidade de São Luís” na categoria Romance.

Quem ficou com curiosidade de ler, Cafés Amargos é vendido aqui em São Luís na Livraria Vozes na Rua do Sol. Quem não for de São Luís, ouso dizer que é só entrar em contato com a Sabryna que ela dá um jeito de enviar. Deixa nos comentários 🙂

Espero que logo logo a gente tenha mais histórias da Sabryna para ler <3

Gostaram? Que livro estão lendo para me indicar?

Até mais!

 

patty

Wishlist de Natal da Paty <3

Oi, gente!
Natal tá chegando e, apesar desse não ser o sentido principal dessa data, a gente sempre fica com mais desejo de presentear alguém ou a si mesmo, não é?

 

6607387499_f9be413fca_z

 

Esse ano, provavelmente, não vou me presentear, mas gosto de fazer listinhas imaginárias do que gostaria de comprar/ganhar, daí durante o ano vou tentando adquirir o que eu quero. Resolvi compartilhar aqui no blog, pois já fica de sugestão para vocês presentearem alguém (ou a mim, vai que né? haha). Tem de tudo aqui, espero que gostem! Lembrando que os preços podem variar de lugar, época do ano, etc.

 

1- Milagre Lola Cosmetics: tinha que ter um produto de cabelo né? E se é presente, vale gastar um pouquinho mais. Eu já experimentei o Milagre e quero ter um para usar mais vezes e para comparar com o creme que tenho usado que acho semelhante (Casulão Umectante Capilar). O legal do Milagre é que ele tem várias funções: pode ser usado como máscara de hidratação, condicionador ou finalizador. E comigo ele deu muito certo na finalização. Queria testar outros usos! Ah, já falei de outro produto da Lola aqui também.

Onde encontrar: lojas de cosméticos

Valor: R$ 56,00

 

Valor: R$ 56,00

2- Máscara de Cílios Quem Disse Berenice: recentemente a QDB lançou essas novas máscaras e eu to doida para experimentar! Eu sempre uso as da Maybelline, só que as minhas estão acabando e eu queria usar outra marca. Muita curiosidade por essas e muito amor pela Quem Disse <3

Onde encontrar: lojas da marca ou aqui

Valor: R$ 31,90

mascaras-para-cilios-quem-disse-berenice-4

 

3- Batons Líquidos Matte: em qualquer época do ano, podem presentear esta que vos escreve com batom e ela amará! Viciada em batom, pra mim, nunca é demais. E ainda na linha dos líquidos, quero agregar mais alguns, já tenho da Dailus e Vult (usei o meu da Vult neste post aqui). Gostaria de mais alguns dessas marcas, ou da Quem Disse Berenice ou Pausa Para Feminices para TBlogs que ainda não experimentei. Não tô nem fazendo preferência por cor!

Onde encontrar: Vult e Dailus – lojas de cosméticos; QDB – lojas próprias ou aqui; Pausa Para Feminices – site da TBlogs.

 

FotorCreated

 

4- Cuidados com a Pele TimeWise Mary Kay: não podemos deixar de cuidar da pele, não é? Eu mesma ando muito descuidada e queria alguma linha. Pensei logo na Mary Kay que já usei e tem várias revendedoras por aí. Por enquanto, só sabonete e hidratante estaria ótimo! Cuidados de pele não é tão barato, mas é um investimento inevitável (até se alguém quiser me recomendar outras marcas, aceito!).

Onde encontrar: revendedoras da marca

Valor: Creme de Limpeza – R$ 59,90 / Hidratante – R$ 72,00.

kit-basico-milagroso-mary-kay-3em1-creme-limpeza-hidratante-511201-MLB20279223038_042015-F

 

5- Pulseira de Berloque: parece que já diminuiu um pouco a febre desse tipo de pulseira, mas ainda tenho vontade de ter uma, não pela moda em si, mas porque acho legal a ideia de guardar momentos da sua vida na pulseira. Penso nesse sentido, registrar momentos/coisas/pessoas importantes, marcar uma fase e me presentear com algo que vai me acompanhar por um bom tempo. E se você pode e quer presentear alguém, acho que vale muito a pena, é um presente lindo. As mais vendidas são as Life da Vivara e é um presente que vai durar muito tempo. Mas outras marcas já fabricam também, com preço mais em conta. Além disso, você pode ir comprando aos poucos os berloques (ou charms ou como chamam) e não sair tão pesado.

Onde encontrar: marcas diversas.

Valor: varia de acordo com as marcas e modelos.

pulseira-vivara

 

6- Livros: por fim, dois livros que tô querendo MUITO de assuntos que eu gosto e que servirão muito de consulta e material pro blog. Um é “O manual da garota cacheada” da Lorraine Massey, que tem TUDO que as cacheadas precisam saber e eu preciso estar informada para compartilhar com vocês (falei desse livro aqui também). O outro é o “Dia de Beauté” da Vic Ceridono, que eu sou muito fã e tem as dicas de maquiagem que mais consegui aplicar na prática.

 

FotorCreated2

Onde encontrar: livrarias diversas.

Valor: R$ 32,20 / R$ 63,90.

 

Deu pra ver que eu tô querendo um monte de coisa né? Só querendo e não podendo, rs. Mas já ficam ótimas sugestões de presentes pra vocês e pra pessoas queridas <3

Me contem o que acharam e o que tem na wishlist de vocês!

Beijos 🙂

patty

Dica de Filme: Simplesmente Acontece

Oi, gente! Hoje tenho uma dica de filme (tem no Netflix!) que me emocionou muito e, se você gosta de comédia romântica ou romance mesmo, vai adorar também. Talvez muita gente já tenha assistido, mas senti muita vontade de escrever sobre ele e recomendar pra vocês.

Simplesmente Acontece (Love, Rosie) conta a história de Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin, o Finnick <3) dois amigos de infância, que sempre dividiram todos os momentos das suas vidas e compartilhavam sonhos. As reviravoltas da vida acabaram mudando tudo o que eles planejavam. Desde o começo, o filme é apaixonante por causa da cumplicidade e o amor que perceptível no casal. Mas, como todo romance, muitas coisas acontecem que os impede de ficar juntos.

 

filmes_9051_love7

 

Eu não sou crítica de cinema para falar com propriedade, mas algo na história me fez  torcer muito pelo casal, sofrer com as reviravoltas e me emocionar muito em vários momentos (chorei real). Seja pela combinação maravilhosa do casal (muito amor pelos atores!), a fotografia linda do filme que deixa tudo com um aspecto mais fofo, os raios de sol em várias cenas, o cenário cheio de detalhes da casa de Lily e até mesmo a atmosfera britânica, onde se passa maior parte do filme. A trilha sonora também combina super, tanto nas cenas da meiga e as vezes desengonçada Rosie, quanto nos momentos de emoção.

 

simplesmente-acontece0159384

 

Simplesmente Acontece não é exatamente uma comédia, mas todo esse contexto dá uma leveza ao filme pra que não seja um drama, já que a mocinha passa por várias situações difíceis. Enfim, o que mais me prendeu foi a história apaixonante do casal e as reviravoltas que são de sofrer junto! Além do mais, a gente sempre quer se transportar para histórias lindas como essa, não é mesmo? Ok, voltando para a realidade, haha.

Existem algumas críticas quanto à escolha dos atores e caracterização, já que na história se passam anos, mas isso não é algo que me incomodou, já que eu me envolvi mesmo nos acontecimentos. No final, fica aquele “poxa, já acabou? Queria mais!” 🙁

O filme é uma adaptação do livro Onde Terminam os Arco-Íris de Cecelia Ahern, relançado recentemente com o título de Simplesmente Acontece. Me contem se vocês já leram o livro e o que acharam do filme também. Fiquei bem curiosa pra ler!

E você que ainda não assistiu, recomendo super! Depois me conta o que achou 🙂

Beijos e até a próxima!