Fica a Dica: 3 últimas séries assistidas no Netflix

Oi pessoal, tudo bem? Então, toda sexta-feira, como vocês já devem ter percebido, é dia da coluna Outra Ondas aqui no blog e queremos falar sobre tudo o que gostamos e dar dicas para vocês. Acredito que muitos de vocês vivem uma relação de amor com o Netflix, como eu. Já dei outras dicas aqui e aqui relacionados a ele.

Hoje quero contar sobre as três últimas séries que assisti lá e que me envolveram muito e tenho certeza que vocês vão gostar também. Vamos lá:

1- The 100: é uma série de ficção científica (amo!) que se passa depois de 90 anos de um apocalipse nuclear que devastou a Terra. Os sobreviventes vivem em estações espaciais que começam a apresentar problemas de superpopulação e abastecimento. Por isso, decidem enviar para Terra 100 prisioneiros para verificar as condições de vida no planeta. É aí que surgem os conflitos entre eles, dificuldades de sobrevivência e acontecimentos inesperados. Infelizmente, no Netflix só está disponível a 1ª temporada com 13 episódios e já existe até a 3ª, mas acredito que em outros sites é possível assistir (alô Netflix, disponibiliza mais!). Enfim, a história prende e envolve bastante, tem ação, suspense, um pouco de romance (mas não tanto) e eu assisti em um fim de semana de tão empolgante que é. Recomendo muito!

 

the-1

 

2- Jessica Jones: essa talvez a mais falada no final de 2015, é uma produção do Netflix baseada na história em quadrinhos da famosa heroína da Marvel. Jones é uma mulher que sofreu traumas no passado e que tenta reconstruir sua vida, exercendo a profissão de investigadora. Uma heroína fora dos padrões, politicamente incorreta, mas que nos envolve com sua história. Assim como Demolidor (que eu amo também), a série tem como cenário Nova York, do lado mais sombrio e marcado por crimes. Ela enfrenta o vilão Kilgrave que está intimamente ligado ao seu passado e é aí que a trama se desenvolve. As atuações são ótimas e trouxe para mim uma reflexão sobre o abuso que Jessica Jones sofreu que, em alguns aspectos, pode ser feito um paralelo com a realidade de muitas mulheres. Particularmente, eu achei que o ritmo da série fica melhor depois de alguns capítulos. Ainda assim, vale muito a pena assistir! A 1ª temporada tem 13 episódios.

 

confira-cartaz-com-jessica-jones

 

3- Orphan Black: essa foi a última que assisti, mas a 1ª temporada é de 2013. No Netflix estão disponíveis duas temporadas de 10 episódios. Trata-se de uma produção canadense em que a personagem Sarah Manning vive uma vida complicada e, em meio a seus conflitos, encontra numa estação de metrô uma mulher idêntica a ela. A mulher se mata na frente de Sarah e ela vê a oportunidade de mudar de vida ao assumir a identidade da desconhecida. Porém, ela não imagina as complicações que surgem ao assumir esse papel. No decorrer dos capítulos vão se revelando os motivos da semelhança entre elas. Eu comecei a assistir sem saber nada sobre essa série e fui tomada pelo clima de suspense das revelações que vão acontecendo em cada capítulo. A 2ª temporada termina com uma complicação ainda maior. Mas acima de tudo em Orphan Black, o que mais me chocou (de forma positiva) foi a atuação da Tatiana Maslany, que interpreta vários papeis super diferentes de forma INCRÍVEL. Por vezes eu esquecia que era a mesma atriz, sério. Só a atuação dela já vale a pena conferir essa série!

 

f5395ce7519b4c25d5d205d3bca423c1a3fcaebd

 

É isso, gente! Minha lista no Netflix continua grande, espero em breve trazer mais dicas aqui. Já assistiram essas? O que acharam? Quais outras vocês recomendam? Me contem nos comentários.

Até mais!

patty

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected by WP Anti Spam