Resenha: Shampoo e Condicionador Soft Hair Cachos Tipo 3

Encontrei essas belezas na prateleira de uma loja de cosméticos, a embalagem, o cheiro e o preço me conquistaram e resolvi comprar. A Soft Hair eu já conhecia pelas manteigas (aquelas que vêm num pote de vidro) que gosto bastante. Por isso, decidi experimentar.

Essa linha para cachos da marca é dividida por tipo de cabelo, essa embalagem laranja para tipo 3 A, B e C. Encontrei à venda também a embalagem vermelha para cabelos tipo 4. Vamos conhecer os produtos:

 

SHAMPOO

O QUE DIZ A MARCA?

O que é: shampoo livre de sulfatos, petrolatos e parabenos para cabelos cacheados tipo 3A, B e C.

Para que serve: com fórmula livre de sulfatos, petrolatos e parabenos o shampoo da linha cachos tipo 3 Soft Hair lava delicadamente sem agredir os fios. Máximo cuidado para seus cachos!

 

COMPOSIÇÃO

Aqua, Cocamidopropyl Betaine, Sodium Chloride, Hidroxyethylcellulose, Sodium Acetate, Cellulose, Parfum, Benzyl Salicylate, D-limonene, Hexyl Cinnamal, Linalool, DMDM Hydantoin, PEG-90, Phenoxyethanol, Imidazolidinyl Urea, PEG-40, Hydrogenated Cator Oil, Hypnea, Musciformis Extract, Gellidiela Acerosa Extract, Sargassum Filipendula Extract, Sorbitol, Citric Acid, Hydrolyzed Keratin, Iodopropynyl Butylcarbamate, Disodium EDTA, Glycerin, Glyceryl Stearate, Polyglyceryl-3 Diiostearate, Argania Spinosa Kernel Oil, Lecithin, Olea Europaea Fruit Oil, Comiphora Myrrha Resin Extract, Acorus Calamus Root Extract, Cinnamomum Zeylanicum Bark Extract, Butyrospermum Parkii Butter, Camelia Sinensis Leaf Extract, Aloe Barbadensis Leaf Extract, Chamomila Recutita Flower Extract, Cocos Nucifera Fruit Extract, Macadamia Ternifolia Seed Oil, Gossypium Herbaceum Seed Oil, Methylisothyazolinone.

LIBERADO PARA LOW POO!

 

O QUE ACHEI?

O Shampoo é bem o que diz a embalagem: uma limpeza delicada para o cabelo e pouca espuma. Isso é bom e ruim ao mesmo tempo, porque eu já relatei aqui várias vezes que tenho dificuldade com shampoos que sempre ressecam meu cabelo, mesmo os sem sulfato. Esse não ressecou, realmente faz pouca espuma, mas por outro lado, senti que não limpa bem e me incomodou um pouco. Senti necessidade de alternar com um shampoo mais forte.

Pela consistência (vejam foto mais abaixo) ele é quase um shampoo transparente e é bem leve. Shampoos transparentes geralmente limpam bem, mas não é o caso aqui. Isso acontece talvez pela presença de óleos, 12 no total: óleo de argan, de noz de karité, semente de algodão, de coco, de macadâmia, de chá verde, de camomila, de aloe, de mirra, de oliva e óleo de canela. Alguns desses eu nem sabia da existência. Como é que se extrai óleo de chá verde?

 

 

Outro ponto positivo na composição, além de ser liberado para low poo, é que não possui parabenos, um componente que muitas pessoas têm alergia.

Diante disso, para cabelos bem ressecados, especialmente no couro cabeludo, eu recomendo, podendo alternar com outro shampoo para lavagens mais profundas. Já para quem tem a raiz oleosa, é melhor não arriscar.

Por fim, digo e repito que o cheiro é maravilhoso!

 

CONDICIONADOR

O QUE DIZ A MARCA?

O que é: condicionador livre de petrolatos e parabenos para cabelos cacheados tipo 3A, B e C.

Para que serve: condicionar os cabelos cacheados do tipo 3abc, mantendo a hidratação e a nutrição dos fios. Fórmula exclusiva com 12 óleos nutritivos para intensificar o tratamento dos seus cachos, livre de petrolatos e parabenos.

COMPOSIÇÃO

Aqua, Cetearyl Alcohol, Stearamidopropyl Dimethylamine, Cyclopentasiloxane, Dimethicone, Glutamic Acid, Parfum, Benzyl Salicylate, D-Limonene, Hexyl Cinnamal, Linalool, Hydrolized Keratin, DMDM Hydantoin, Iodopropynyl Butylcarbamate, Imidazolidinyl Urea, Glycerin, Glyceryl Stearate, Polyglyceryl-3 Diiostearate, Argania Spinosa Kernel Oil, Lecithin, Olea Europaea Fruit Oil, Comiphora Myrrha Resin Extract, Acorus Calamus Root Extract, Cinnamomum Zeylanicum Bark Extract, Camelia Sinensis Leaf Extract, Aloe Barbadensis Leaf Extract, Chamomila Recutita Flower Extract, Cocos Nucifera Fruit Extract, Macadamia Ternifolia Seed Oil, Gossypium Herbaceum Seed Oil, Butyrospermum Parkii Butter, Methylchloroisothyazolinone, Methylisothyazolinone, Magnesium Nitrate, Magnesium Chloride.

LIBERADO PARA LOW POO!

O QUE ACHEI?

Diferente do shampoo, o condicionador foi só amor! Ele é realmente muito hidratante e nutritivo, daqueles que desmaia o cabelo <3

Engraçado é que a textura dele é leve e não esperava que desse esse efeito. Com certeza a composição rica em óleos (os mesmos do shampoo) é responsável por isso. Na foto a seguir, o transparente é o shampoo e o condicionador é o branquinho.

E mais uma vez menção honrosa ao cheiro!

 

Sobre o preço dos dois produtos, paguei menos de R$ 10,00 em cada um deles e as embalagens possuem 300ml. Bom custo benefício.

Apesar de não estar 100% satisfeita com o shampoo, vou continuar usando e acredito que a compra valeu a pena.

Alguém já usou essa linha? Me contem nos comentários o que acharam.

Sigam o instagram @cachoseoutrasondas.

 

Resenha: Shampoo e Condicionador Inoar #Bombar

Uma marca que cada produto que eu experimento me conquista mais, sem dúvidas, é a Inoar. Eles sempre colocam ingredientes de qualidade na composição e os preços eu considero bem justos. Essa linha #Bombar é também vegana (ou seja, não tem produtos de origem animal na composição) e não é testada em animais. A linha é composta por shampoo, condicionador e máscara. Esta última ainda não tive oportunidade de testar, mas hoje vamos falar sobre o shampoo e condicionador.

 

 

SHAMPOO #BOMBAR INOAR

O que diz a marca?

Quer saber o que faz o cabelo ficar mais macio, hidratado e saudável? A Inoar te conta:

  • Biotina: conhecida como a vitamina da beleza, ajuda no crescimento, fortalecimento e combate à queda;
  • D-Pantenol: hidratação, brilho e maciez.

 

Composição

Aqua, Dissodium EDTA, Sodium Benzoate, Poliquaternium-10, Disodium Laureth Sulfocuccinate, Cocamidopropyl Betaine, Disodium Cocoamphoacetate, Glycerin, PEG-7 Glyceryl Cocoate, Rosmarinus Officinalis Extract, Polysorbate 20, Citric Acid, Parfum, PEG-120 Methyl Glucose Dioleate, Tocopheryl Acetate, d-Panthenol, Biotin, Rosmarinus Officinalis Oil, Persea Gratissima (Avocado) Oil, Coconut Oil, Ceramide lll, Hydrolyzed Wheat Protein/ Hidrolyzed Soy Protein/ Avena Sativa (OAT) Meal Extract, Parfum, Citric Acid, Hexyl Cinnamal, Limonene.

LIBERADA PARA LOW POO!

 

O que achei?

Recentemente eu cortei bastante meu cabelo e saí correndo para comprar produtos que me ajudem no crescimento. Ao mesmo tempo, tenho muito medo disso, prefiro cuidar do cabelo para que ele cresça naturalmente saudável. Mas vi comentários bons dessa linha e resolvi testar. É claro que tomo o cuidado de alternar esse shampoo com outro, para não ter um efeito reverso, causando queda ou quebra de cabelo.

O problema é que gostei tanto dele que as vezes não quero alternar! O shampoo é perolado e leve. Na primeira vez que usei, achei que não fazia espuma, mas depois observei que faz sim uma espuma considerável e limpa bem. E o melhor de tudo: quase não resseca meu cabelo. Qualquer shampoo resseca meu cabelo e deixa bem embaraçado, isso é fato. Mas observei bem menos isso com esse shampoo da Inoar.

 

Quanto ao crescimento, há mais ou menos um mês que uso, observei sim crescimento, mas tenho usado óleo de rícino na umectação, então não sei dizer quem é o responsável pelo crescimento. Além disso, acho que com o corte que tirou boa parte dos danos do meu cabelo, houve estímulo para o cabelo crescer.  Por isso, eu não acredito em produtos milagrosos. Acredito que cabelo bem cuidado e a sua saúde (alimentação, nenhuma deficiência de vitaminas, etc) é que são fundamentais para o crescimento.

Acredito também que apesar desses produtos não serem milagrosos, eles podem ajudar. Na composição do shampoo, tem a biotina, que a marca diz que é um vitamina que ajuda no crescimento e combate à queda, além de extratos de óleos e proteínas.

Enfim, mesmo que não ajudasse no crescimento, é um shampoo liberado que eu recomendo muito.

 

CONDICIONADOR #BOMBAR INOAR

O que diz a marca?

Quer saber o que faz o cabelo ficar mais macio, hidratado e saudável? A Inoar te conta:

  • Óleo de Coco: rico em vitamina E e ácidos graxos, é um poderoso hidratante que age na porção interna do fio de cabelo, reconstruindo-o e fortalecendo-o.
  • Óleo de Abacate: rico em vitaminas A, B, D e E, nutre e restaura, com alta capacidade de penetração na fibra capilar.
  • Biotina: conhecida como a vitamina da beleza, ajuda no crescimento, fortalecimento e combate à queda;
  • Manteiga de Karité: regenera e hidrata intensamente.

 

COMPOSIÇÃO

Aqua, Cetrimonium Chloride, Disodium EDTA, Phenoxyethanol, Cetearyl Alcohol, Triticum Vulgare Germ Oil, Cetearyl Alcohol / Polysorbate 60, Glycerin, d-Panthenol, Tocopheryl Acetate, Hydrolyzed Wheat Protein / Hydrolyzed Soy Protein / Avena Sativa (OAT) Meal Extract, Ceramide III, Biotin, Rosmarinus Officinalis Oil, Persea Gratissima (Avocado) Oil, Coconut Oil, Shea Butter, Theobroma Cacao Seed Butter, Parfum, Citric Acid, Hexyl Cinnamal, Limonene.

LIBERADO PARA LOW E NO POO!

 

O que achei?

É um condicionador bem leve que a assim que coloquei na mão pela primeira vez, achei que não ia dar certo, porque meu cabelo sempre gostou de condicionador mais consistente. Mas, apesar da consistência, ele é muito hidratante, me surpreendeu. Meu cabelo desmaia com ele. Sempre que lavo costumo hidratar, mas com esse condicionador posso usar só shampoo e condicionador (como pessoas “normais” haha) e dá muito certo!

 

A hidratação que ele fornece vem da composição rica em óleos e ingredientes emolientes. Além disso, por ser liberado para no poo, o condicionador pode ser usado para co-wash, o que é maravilhoso, porque sabemos que para estimular crescimento devemos aplicar o produto na raiz do cabelo. Então a Inoar pensou certo ao elaborar esse produto: nada de ingredientes mirabolantes para fazer cabelo crescer que podem até causar queda, como outros produtos tem acontecido. A marca investiu em itens que realmente tratam e deixam nosso cabelo saudável para que, como consequência, ele cresça.

Resumindo, só amor por essa linha!

O único ponto negativo é que só é vendido shampoo e condicionador juntos e é mais fácil achar a versão de 1l. Os meus são de 250ml, mas não é tão fácil de encontrar. Para quem é de São Luís, comprei na Cida Cosméticos do João Paulo. O preço infelizmente não guardei, mas acredito que foi em torno de R$ 30,00.

A Inoar lançou uma nova versão dessa linha, a #Bombar Coconut, que ainda não testei, mas fiquei curiosa. Alguém já usou? Se sim, me contem!

Sigam o instagram @cachoseoutrasondas estou lá com mais frequência compartilhando tudo!

Beijos!

 

Faça em Casa: Esfoliação com Borra de Café

Se você me segue no Instagram, viu essa receita por lá e, como várias pessoas tiveram dúvidas, resolvi publicar aqui e deixar registrado. Se você não me segue lá, tá vacilando porque sempre estou por lá compartilhando alguma coisa. Corre e segue aqui!

Vi várias pessoas na internet fazendo essa receita de esfoliação para a pele com borra de café e existem várias receitas, mas resolvi testar essa com azeite de oliva. Antes de contar como fazer, vamos conhecer os benefícios destes ingredientes?

 

  • A borra de café tem grãos que são ideais para remover células mortas da pele e remover os cravinhos indesejados;
  • O café tem ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento da pele;
  • Ele tem também ação anti-inflamatória, ajudando na redução das espinhas;
  • O azeite de oliva ajuda na hidratação. Não esqueça que até mesmo peles oleosas precisam ser hidratadas.

Agora vamos à receita:

Ingredientes:
✔️ Borra de Café

✔️ Azeite de Oliva (de preferência extra virgem)

Modo de preparo:
✔️Misture a borra com uma pequena quantidade de azeite, só para formar uma pastinha que é mais fácil de aplicar.

Modo de uso:
✔️ Lave o rosto de preferência com água morna para abrir os poros e sabonete facial de sua preferência.
✔️ Aplique no rosto com movimentos circulares suaves.
✔️ Não precisa deixar agir muito, no máximo 1 minuto.
✔️ Enxágue.

Pode ser usada em outras áreas do corpo que precisam de esfoliação e hidratação, como cotovelos e joelhos. Eu usei nessas áreas também e gostei mais. Só não sei se ao longo do uso vai ajudando também a clarear a pele.

No rosto, o resultado é ótimo, remove mesmo cravos, ajuda a suavizar espinhas e deixa a pele muito macia e aveludada. Quanto a ação antioxidante não dá para afirmar, somente com o uso a longo prazo.

Com certeza é uma receita aprovada que vou usar muito porque é fácil e baratinha. O único ponto negativo é o cheiro, para quem não gosta, e sujeirinha que faz no banheiro. Mas garanto que vale a pena!

 

Me contem mais receitam assim que eu possa experimentar!

Beijos e até mais!

Resenha Creme de Pentear Kero Kachos Crespíssimo Elegante Skafe

A resenha de hoje é do creme de pentear Kero Kachos Crespíssimo Elegante da Skafe, mesma fabricante do famoso Natu Hair, que muitas meninas de cabelo crespo e cacheado já conhecem. Parece que o pessoal da marca se inspirou no Tô de Cacho da Salon Line, que já falei aqui várias vezes, por causa do nome parecido e porque ele também é dividido por curvatura. Eu escolhi o 4ABC, porque o da Salon Line foi o que deu certo para mim e decidi arriscar. Vamos conhecer melhor o produto:

 

 

O QUE DIZ A MARCA?

Quer deixar o seu black lindo, nutrido e hidratado?

KeroKachos Crespíssimo Elegante chegou para você. Cabelo com aparência de molhado, nem pensar, né? Vamos curtir e modelar os cachos com muita nutrição, força e brilho.

Agora é hora de arrasar!

 

COMPOSIÇÃO

 

Liberado para LOW e NO POO!

 

O QUE ACHEI?

Eu comprei esse produto bem às cegas, não pesquisei antes. Como achei no supermercado bem fácil e é liberado, resolvi experimentar. Assim que usei, me frustrei um pouco com a consistência que é muito leve. Estou acostumada a usar cremes mais consistentes. Esperava também que ele fosse um pouco mais hidratante, ajudando mais a desembaraçar.  Foram esses dois pontos que me fizeram não gostar tanto.

 

Por outro lado, o resultado é bom, os cachos ficam mais leves e dá mais volume ao cabelo. Essa parte eu gostei, acho que meu cabelo ficou com mais movimento. Claro que com o volume vem o frizz e no meu cabelo não segura tantos days after.

Na foto (já peço desculpas pela qualidade :(), o meu cabelo estava no primeiro day after, fui ainda no pilates de cabelo preso. Então percebam que já tem um pouco de frizz, mas o resultado geral é ok.

Na verdade gostei mais para revitalizar o cabelo no dia seguinte, com um pouco de água na mão. Por isso, é um creme que vou usar até o final, mas que não se adaptou tão bem ao meu cabelo. Talvez se eu tivesse escolhido a versão ideal para minha curvatura, funcionaria melhor. A linha possui também um gel finalizador que não comprei. Acho que usando associado a ele, o resultado também pode ser melhor.

Paguei em torno de R$ 10,00 e a embalagem contém 300ml. O preço é ok, mas é possível encontrar cremes melhores a preço mais baixo.

Se vocês já usaram, comentem o que acharem e me deem dicas de creme de pentear também!

Até mais!

“This is Us” faz bem ao coração ❤

[SEM SPOILERS]

“This is Us” é uma série que desde o primeiro episódio eu queria escrever sobre ela aqui. Me segurei até terminar, mas depois que terminou acabei deixando passar, mas hoje, finalmente, esse post sai.

 

Você pode até achar o título desse post meio brega, mas foi só assim que consegui descrever. E era esse o sentimento que eu tinha a cada episódio. No meio de tanto sensacionalismo, violência, tensão a que somos submetidos (eu até gosto em alguns momentos, confesso), uma série leve, que te faz refletir, que traz sentimentos bons, é uma preciosidade.

Para quem não sabe, This is Us é uma série da TV americana NBC, que até pouco tempo estava passando por lá. Assisti quase que simultaneamente. Eu comecei a ver sem saber praticamente nada sobre a série. E foi a melhor coisa! Os primeiros episódios eram sempre uma surpresa para mim, os acontecimentos iam se desenrolando aos poucos.

Foi a partir das indicações no Globo de Ouro e outras premiações que a série me chamou atenção e também porque do elenco conhecia a Mandy Moore (Um Amor Pra Recordar, que eu nem gosto, mas ok haha) e o Milo Ventimiglia, o Jess de Gilmore Girls, que já falei aqui e que era um personagem que eu costumava odiar, mas com o retorno da série me conquistou. Enfim, estavam falando muito bem de This is Us, então resolvi assistir.

 

A única informação que eu tinha da história e que está na sinopse é que trata sobre a vida de diferentes personagens que fazem aniversário no mesmo dia. Só isso mesmo. Por isso, fui sendo surpreendida em cada momento e não vou dar muito detalhes para vocês também!

This is Us é sobre família e todas as questões que estão envolvidas nesse meio. Acredito que seja impossível não se identificar com algum aspecto mostrado. Vou dar um exemplo, sem spoilers: tem um episódio sobre máquina de lavar, em que trata do objeto na rotina da família e como marca a história deles e eu chorei muito, porque também é algo que, para mim, marcou demais minha família e era algo que eu nem me dava conta, sabe? E foi mostrado de forma tão singela, tão natural que foi o que mais me emocionou. E esse foi só um caso, em muitos momentos fui tocada lembrando de situações da minha família ou imaginando a construção da minha futura família também (contando quantas vezes vou escrever “família” nesse post, haha).

Além disso, This is Us trata de assuntos muito importantes, atuais, que geram reflexão, como autoestima, aceitação, preconceitos, carreira profissional, relações familiares… Enfim, muitas questões que fazem a série ser ainda mais relevante.

Por fim, outro grande forte da produção são as atuações maravilhosas. Na minha leiga opinião, todos os atores são bons, o elenco é incrível. Chorei ou ri com todos eles. Falando em chorar, a série é sim um drama, mas pode ir sem medo de ficar para baixo demais. Tem leveza, tem humor. Sobre o  final da temporada, eu esperava um pouquinho mais, mas mesmo assim não tira todo o mérito dela. É ideal para você sair um pouco da sua rotina cansativa e ser abraçado por essa série.

Sim, This is Us te abraça e vai fazer bem ao seu coração. Para entender isso, tem que assistir!

Vamos conversar se você já assistiu, me conta o que achou!

Até mais!

 

O que é o pré-poo e por que é tão importante?

Gente, não sei para vocês, mas para o meu cabelo, o inimigo número um é o shampoo. Qualquer shampoo resseca meu cabelo, por isso fazer low poo é fundamental para mim. Mesmo os shampoos sem sulfato ressecam meu cabelo. Fiz no poo por um tempo, não precisava usar shampoo e era maravilhoso. Contei aqui um pouco da experiência. Mas a limitação dos produtos me incomodava de certa forma e em alguns momentos sentia falta de uma limpeza mais profunda, aquela que a gente sente mesmo no couro cabeludo que só o shampoo dá.

Para continuar usando shampoo e evitar o ressecamento excessivo do cabelo, sempre que posso faço a técnica do pré-poo, que é um tratamento que protege os fios da agressão da lavagem. Para isso, utiliza-se condicionador, máscara ou óleo vegetal antes de lavar, que formarão uma capa protetora. Assim, o shampoo fará a limpeza do seu cabelo, mas não retirará a hidratação natural dele.

Veja algumas dicas de como fazer o pré-poo:

1- Umectação rápida: com qualquer óleo VEGETAL, óleo de coco, azeite de oliva extra virgem, entre outros, envolva o cabelo antes de molhar e deixe agir por pelo menos 15 minutos. O óleo cria a tal “capa protetora” que citei acima. Depois é só seguir todo o processo de lavagem.

 

2- Condicionador ou máscaras baratinhas: máscaras e condicionadores leves e baratos, você pode abusar na quantidade no cabelo antes do shampoo e deixar agir por alguns minutos. Ao utilizar shampoo, ele vai limpar sem cabelo e retirar esse produto e não agredir o cabelo. É como se a gente enganasse o shampoo, entende? Hehe.

 

3- Receitas Caseiras: confesso que esse tipo nunca testei, porque dá um pouquinho mais de trabalho. Um dos ingredientes mais utilizados é o mel, mas pela consistência é bem chato de aplicar. A dica é misturar com azeite de oliva e levar ao microondas por alguns segundos para deixar mais líquido e fácil de aplicar. Uma pesquisada rápida e você encontrará algumas outras receitinhas de pré-poo.

 

 

4- Produtos específicos: no mercado, hoje em dia, é possível encontrar produtos criados especificamente para pré-poo. É o caso do Pré-shampoo & Co-wash Tratamento Pra Arrasar #ToDeCacho da Salon Line. Testei dos dois modos e o que mais gostei foi como pré-poo. Ele protege bem o cabelo da agressão do shampoo e ajuda muito a desembaraçar. Como co-wash também é ok, é bom, mas não me surpreendeu.

 

O produto é tipo um condicionador com consistência boa, cheiro característico da linha Tô de Cacho e liberado para low e no poo. Eu comprei com a intensão de usar mais como co-wash, mas preferi como pré-shampoo. Mas, acho que para essa função é possível usar outros produtos, como citado acima. Assim, não pretendo comprar novamente. Também não decidi fazer uma resenha separada, mas se quiserem, me peçam nos comentários.

Aqui tem outro post com dicas de como evitar o ressecamento causado pelo shampoo, vale o clique 🙂

Contem para mim se vocês fazem pré-poo e que produtos usam!
Beijos, bom fim de semana!

 

 

 

 

 

Resenha: Linha Matizadora Oikos Apolo

O post de hoje é para as loirinhas, com mechas e descoloridas. Além de todo cuidado que esse tipo de cabelo exige, ainda tem a preocupação com a manutenção da cor. Ninguém merece cabelo amarelado, não é mesmo? Para quem segue o low ou no poo é ainda mais complicado encontrar o produto adequado para matizar. Por isso, vim compartilhar a resenha dessa linha que, para mim, foi um achado. Foi um achado porque encontrei no banheiro da minha mãe e resolvi testar, haha.

Eu não conhecia a marca Oikos Cosméticos e essa linha Apolo é voltada para os cuidados com o cabelo loiro. A linha é bem completa, composta por shampoo, condicionador, máscara e gloss matizador. Em casa temos os três primeiros. A tonalidade dos produtos é roxa, o que significa que ela age em cabelos amarelados. Para cabelos alaranjados, deve-se usa produtos de tom azul. Isso eu descobri recentemente, porque achava tudo a mesma coisa. Mas tem uma análise das cores que neutralizam outras que podemos falar sobre isso depois.

 

Primeiro, o shampoo foi o único que não testei, pois infelizmente não é liberado para low poo e também, como tenho mechas mais nas pontas do cabelo e aplico shampoo na raiz, não vejo muito sentido usar shampoo roxo. Mas vou colocar aqui as informações e composição.

SHAMPOO MATIZADOR OIKOS APOLO 

 

O QUE DIZ A MARCA?

Indicado para neutralizar a tonalidade dourada ou amarelada que vai se formando com o passar do tempo nos cabelos louros, realçando um tom mais luminoso e platinado. Elaborado com azuleno e um complexo de brilho composto por abacaxi, banana e cacau, forma uma espuma hidratante com pH balanceado que lava com suavidade tornando os cabelos perfeitamente limpos enquanto preserva a fragilidade dos fios. Não contém sal.

 

COMPOSIÇÃO

Aqua, Sodium Laureth Sulfate, Cocamidopropyl Betaine, Cocamide DEA, Parfum, Guar Hydroxypropyltrimonium Chloride, Polyquaternium-7, Cl 60730, Disodium EDTA, Tocopheryl Acetate, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Citric Acid, Benzotriazolyl Dodecyl P-Cresol, Cananga Odorata Flower Extract, Jasminium Officinale Flower Extract, Helianthus Annuus Seed Extract, Acacia Senegal Gum Extract, Lavandula Angustifolia Flower Extract, Lotus Corniculatus Flower Extract, Melissa Officinalis Leaf Extract, Vanila Planifolia Fruit Extract, Ribes Nigrum Fruit Extract, Hydrolyzed Banana Fruit, Hydrolyzed Cocoa Fruit, Hydrolyzed Ananas Sativus Fruit, Methylchloroisothiazolinone/Methylisothiazolinone, Amyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool.

NÃO LIBERADO PARA LOW POO!

 

MÁSCARA MATIZADORA OIKOS APOLO

 

O QUE DIZ A MARCA?

Indicado para neutralizar a tonalidade dourada ou amarelada que vai se formando com o passar do tempo nos cabelos louros, realçando um tom mais luminoso e platinado. Enriquecido por um complexo de brilho composto por abacaxi, banana e cacau que hidratam, nutrem e revitalizam os fios danificados por agentes físicos e químicos, devolvendo o brilho aos cabelos. Deixa os cabelos macios, sedosos, luminosos e maleáveis.

 

COMPOSIÇÃO

Aqua, Cetearyl Alcohol, Behentrimonium Chloride, Propylene Glycol, Dimethicone, Cetrimonium Chloride, Ciclopentasiloxane, Parfum, Cl 60730, Glycine Soja Oil, Simmondsia Chinesis Seed Oil, Citric Acid, Disodium EDTA, Hydrolyzed Silk, Helianthus Annuus Seed Oil, Zea Mays Oil, Octadecyl Di-T-Butyl-4-Hydroxyhydrocinnsmate, Benzotriazolyl Dodecyl P-Cresol, Sodium PCA, Sodium Lactate, Arginine, Aspartic Acid, PCA, Hydrolyzed Banana Fruit, Hydrolyzed Cocoa Fruit, Hydrolyzed Ananas Sativus Fruit, Methylchloroisothiazolinone/Methylisothiazolinone, Glycine, Alanine, Serine, Threorine, Isoleucine, Proline, Phenylanine, Histidine, Amyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool.

LIBERADA PARA LOW POO!

O QUE ACHEI?

A máscara tem um roxo bem intenso, é muito potente para matizar. Por isso, é importante estar atenta ao tempo de ação. É só seguir o que está recomendado na embalagem que dá certo. Além disso, ela é consistente e muito hidratante. Não só matiza, mas também auxilia na recuperação dos danos do cabelo loiro.

A composição é muito rica, o que torna a máscara excelente. Possui diversos tipos de óleo e extratos de frutas como banana e abacaxi, componentes hidratantes e nutritivos. Contém ainda arginina, que ajuda na reconstrução do fio. Gostei muito da máscara!

 

CONDICIONADOR MATIZADOR OIKOS APOLO

 

O QUE DIZ A MARCA?

Indicado para neutralizar a tonalidade dourada ou amarelada que vai se formando com o passar do tempo nos cabelos louros, realçando um tom mais luminoso e platinado. Elaborado com azuleno e um complexo de brilho composto por abacaxi, banana e cacau, é hidratante, desembaraçante, nutritivo e revitalizante. Deixa os cabelos macios, sedosos, luminosos e maleáveis.

 

COMPOSIÇÃO

Aqua, Behentrimonium Chloride, Cetearyl Alcohol, Glycerin, Dimethicone, Ciclopentasiloxane, Parfum, Cetrimonium Chloride, Citric Acid, Cl 60730, Disodium EDTA, Ethylhexyl Methoxycinnamate, Benzotriazolyl Dodecyl P-Cresol, Octadecyl Di-T-Butyl-4-Hydroxyhydrocinnsmate, Hydrolyzed Banana Fruit, Hydrolyzed Cocoa Fruit, Hydrolyzed Silk, Panthenol,  Hydrolyzed Ananas Sativus Fruit,  Sodium PCA, Sodium Lactate, Arginine, Aspartic Acid, PCA,  Glycine, Alanine, Methylchloroisothiazolinone/Methylisothiazolinone, Serine, Valine, Threorine, Proline, Isoleucine, PEG-40 Castor Oil, Guaiazulene, Histidine, Phenylalanine, Amyl Cinnamal, D-Limonene, Linalool.

LIBERADA PARA LOW POO!

O QUE ACHEI?

A composição é muito parecida com a da máscara. Particularmente, o condicionador é meu preferido e o que mais tenho usado, porque ele é muito prático e tão hidratante quanto a máscara. Alguns minutinhos e ele matiza muito bem e ainda cumpre tudo o que promete: desembaraça, nutre e hidrata. Queria usá-lo em toda lavagem, mas pela cor não dá. A Oikos tem que criar o mesmo produto sem a pigmentação roxa pra gente usar e abusar dele!

O cheiro também é maravilhoso. A  diferença da máscara é a consistência um pouco mais fluida do condicionador. A máscara também tem uma tonalidade roxa mais forte. Como meu cabelo não é tão amarelado, o condicionador funciona perfeitamente. Quem tem o cabelo mais amarelado e mais danificado, pode optar pela máscara que é mais intensa.

 

O preço é o ponto menos legal dos três produtos. Só tenho a etiqueta do shampoo ainda, que custou R$ 37,00, mas os demais produtos possuem a mesma faixa de preço. É salgado, mas acho também que você não precisa ter a linha inteira. Eu compraria de novo só o condicionador e, como revezo com outros e uma pequena quantidade dele é suficiente, rende muito. Eu e mamãe estamos usando e ainda tem muito produto, dura bastante.

Fica uma boa opção para cuidar dos cachos descoloridos (ou qualquer outro tipo de cabelo)!

Até mais!

 

Bullet Journal: é possível fazer!

Janeiro já está acabando, mas ainda dá para pensar em um método de organização para esse ano. Comentei lá no Instagram que costumava usar agenda, mas não funcionava bem comigo, sempre abandonava na metade do ano. Em 2016 deixei de usar agenda, mas fiquei bem perdida, anotando coisas em lugares aleatórios. Aplicativos de celular também não são uma boa alternativa para mim. Então, este ano decidi voltar para a agenda, mas dias depois ganhei um caderno e resolvi tentar fazer um Bullet Journal. Pesquisei muitas inspirações e fiquei empolgada para vir dividir com vocês. Vamos desde o começo para quem não conhece.

  • O que é o bullet journal?

Conhecido também como diário em tópicos, é um método criado pelo designer americano Ryder Carrol em que o objetivo é concentrar todas as informações da sua vida em um único lugar. O lema do criador é: “rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”.

  • O que é preciso para fazer o bullet journal?

Basicamente, caderno e caneta. Os cadernos mais utilizados são do tipo moleskine quadriculados ou pontilhados, mas qualquer caderno funciona. É importante atentar para o tamanho, é necessário espaço, mas um tamanho que seja fácil levar com você para todo lugar. O meu caderno, por exemplo, é de espiral e tem pauta. O problema que tenho encontrado é só o tamanho (mais ou menos do tamanho da minha mão), é ótimo para carregar na bolsa, mas pequeno para escrever bem. Vou continuar nele, da próxima vez já sei como escolher um melhor 🙂

 

Sobre caneta, um preta resolve, mas a maioria das pessoas prefere escolher várias cores para identificar o assunto a que se refere. Recomendo também escolher um caneta em que sua letra fique mais bonitinha, se o visual do bullet journal importar muito para você.

  • Como fazer o bullet journal?

Em primeiro lugar, você pode começar em qualquer época do ano. Para começar, você precisa numerar as páginas do seu caderno. Daí, a primeira página deve ser o “Index” ou “Índice”, onde identificará onde encontrar cada coisa no caderno. Deixe algumas páginas a mais para o índice, porque você vai preenchê-lo no decorrer do tempo, quando for utilizando o BJ.

 

Logo após o Índice, vem a parte de Legendas. O BJ utiliza símbolos para facilitar a escrita e identificação das informações, a maioria utiliza símbolos padronizados (conforme imagens abaixo), mas você pode criar símbolos que fazem mais sentido para você ou utilizar só os que acha mais necessário.

 

Em seguida vêm duas seções básicas do BJ, o Log do Mês e o Log do Dia. No primeiro, você escreve todos os dias do mês e principais compromissos daquele mês. É importante para ter uma visão geral do mês. Algumas pessoas anotam também os principais objetivos do mês. Veja exemplo abaixo:

 

Após essa página vem o Log do Dia, que é cada dia da semana com suas tarefas, eventos e o que você quiser escrever. Não esqueça de utilizar os símbolos. Aqui entra sua criatividade, as suas necessidades… Por isso, é legal pesquisar inspirações antes de começar para ver o que você pode adaptar (recomendo o Pinterest).

 

Esse é o básico do BJ, diariamente você marca suas tarefas e compromissos cumpridos, adiados, cancelados e outras informações que precisar. Mas a parte legal é adicionar outras páginas, como listas, acontecimentos pessoais que você gostaria de registrar, acompanhar suas finanças, saúde e outros como as sugestões a seguir:

Log do Futuro: você pode adicionar um calendário anual para visualizar todo o seu ano com principais metas e compromissos de cada mês.

 

Tracking de Hábitos: se você deseja acompanhar hábitos como horas de sono, beber água, estudos, atividade física, em uma página por mês você vai marcando o que conseguiu cumprir.

 

Listas: quem ama fazer listas pode abusar delas no BJ. É importante para registrar seus planos, coisas que você gosta, coisas que você quer fazer. Existem inúmeras ideias. Até agora eu fiz o Gratitude Log (lista de coisas do meu dia a dia pelo que sou grata), Filmes e Séries para assistir, Wishlist, Lugares que quero ir e Coisas que me deixam feliz.

 

  • Por que é tão legal e importante ter um bullet journal?

É legal porque é algo que você cria e faz do jeito que quiser. Os que a gente vê na internet são sempre muito bonitos, mas na essência o BJ não precisa ser bonito. O meu mesmo não é e me incomoda as vezes, porque não sei desenhar, não tenho letra bonita. Mas daí lembro o real sentido de estar fazendo. É importante para, além de se organizar, você se conhecer melhor, traçar melhor suas metas, vê-las acontecendo e o que precisa melhorar. Para mim também é fundamental para eu lembrar coisas, não só obrigações, mas o que eu gosto, o que quero fazer, coisas boas que aconteceram e deixar tudo registrado.

Além disso tudo, eu recomendo esse artigo aqui do BuzzFeed sobre o uso do BJ como ferramenta para cuidar da sua saúde mental. Foi uma das coisas que mais me motivou a começar. Além de acompanhar seus hábitos, serve para desabafar, para se conhecer e também ter um tempo para você mesma (o), através da escrita e do cuidado com o caderno.

Espero que tenha ajudado a inspirar e animar a começar. Parece trabalhoso, mas só no começo em que precisa organizar, colocar o que precisa. Mas com o hábito se torna mais fácil. Ainda estou no começo também, mas já ansiosa pelos efeitos positivos na minha vida 😀

Se tiverem alguma dúvida, é só comentar.

Beijos!

Resenha: Maionese Light Tô de Cacho

Já faz um tempo que foi lançada a Maionese Capilar Tô de Cacho da Salon Line e eu demorei um tempo para achar a versão light, que é liberada para low poo. Depois que comprei passei mais algum tempo testando e, finalmente, vim fazer resenha.

Mas por que uma maionese para cabelo? É muito comum entre as crespas e cacheadas usar a maionese comestível em receitinhas caseiras, já que ela é bem oleosa e fornece uma nutrição poderosa para os fios. Daí a Salon Line teve essa ideia de adaptar para um produto capilar. Vamos conhecê-la melhor.

 

O QUE DIZ A MARCA?

Pensou numa NUTRIÇÃO TURBINADA? Nós pensamos e temos certeza que você está procurando! Ebaaa, acabou de encontrar! Essa maionese CAPILAR LIGHT é dos Deuses. Um sucesso só! Light só porque ela é livre de sulfato, parabenos, petrolato, parafina e óleo mineral… fora isso, possui uma hidratação de tirar o fôlego! Adeus cabelo embaraçado e ressecado! Aqui só tem emoliência e nutrição! Tudo isso ainda com um cheirinho incrível! Eeee delícia de produto! Então vamos arrasar?! 😉

SUGESTÃO DE USO

Após lavar os cabelos, aplique a maionese CAPILAR LIGHT – UMA NUTRIÇÃO TURBINADA mecha por mecha, massageando do comprimento até as pontas. Deixe agir de 3 a 5 minutos. Enxágue. Para melhores resultados, use a linha completa #TodeCacho de sua preferência. Dica: Se o cabelo estiver extremamente ressecado, você pode fazer umectação noturna apenas com a maionese Capilar Light ou misturá-la com um dos nossos Óleos de Umectação para um tratamento turbinado. A maionese Light #TodeCacho é um tratamento cosmético extremamente nutritivo por ter uma grande concentração de óleos e a mistura do óleo de umectação + a maionese Capilar Light só deve ser feita se o cabelo estiver muito ressecado, pois caso contrário, poderá pesar nos fios. Quando a saúde do fio estiver recuperada, indicamos o uso a cada 15 dias. Para curvaturas 2ABC e 3A, indicamos a aplicação no comprimento dos fios evitando a raiz.

COMPOSIÇÃO

Aqua, Cetearyl Alcohol, Hydrogenated Soybean Oil, Glycerin, Behentrimonium Methosulfate, Hydrogenated Vegetable Oil, PEG-90M, PEG-150/Decyl Alcohol/SMDI Copolymer, Cetrimonium Chloride, Behentrimonium Chloride, Cocos Nucifera Oil, Parfum, Disodium EDTA, BHT, Citric Acid, Olea Europaea Fruit Oil, Sesamum Indica Seed Oil, Albumen, Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiazolinone, Cetyl Alcohol, Quaterninum-33, Cl 19140, Cl 15985, Hexyl Cinnamal, Linalool. 

LIBERADA PARA NO E LOW POO!

 

O QUE EU ACHEI?

Em primeiro lugar, é muito importante não confundir a Maionese Tô de Cacho da embalagem de tampa laranja, que não é liberada para as técnicas de low e no poo, contém petrolatos e silicones. A Light que é liberada, tem a tampinha azul.

 

Dando uma olhadinha na composição, a Maionese Tô de Cacho é rica em glicerina, componente muito hidratante, alguns óleos e proteína do ovo, um ingrediente comum na maionese comestível. A consistência e cor parecem muito também, mas pode ficar tranquila (o), o cheiro não é igual. A fragrância é a mesma dos outros produtos da linha Tô de Cacho que, particularmente, eu adoro.

 

A marca sugere dois tipos de usos, como vimos acima. O primeiro é como uma máscara normal, depois de lavar, deixando agir como de 3 a 5 minutos. E o segundo modo é como uma umectação noturna.

O uso como uma máscara de nutrição normal, após lavar o cabelo, é bom, deixa o cabelo macio e definido. Mas esperava algo mais potente, como a embalagem mesmo diz que é uma nutrição poderosa e em alguns cabelos pode até pesar. Como eu faço luzes, eu precisava de uma máscara de nutrição mais power e achava que seria essa, mas não foi o que aconteceu. Preciso até de uma quantidade considerável para meu cabelo, ela não chega a derreter quando passo. É boa, mas não é SUPER nutritiva como eu esperava, entenderam?

Já como umectação, eu confesso que não fiz noturna, porque achei meio estranho por ser um creme muito consistente e não um óleo. Já fiz umectação noturna com outra máscara, a Umectação de Oliva da Lola (resenha aqui), mas ela é mais leve e passando no cabelo fica mais parecida com um óleo. A Maionese eu experimentei como umectação por algum tempo antes de lavar o cabelo, misturando com o Óleo de Coco Puríssimo Tô de Cacho (resenha aqui). Dessa forma eu gostei bastante, é um tratamento mais profundo que dá muita definição e maciez. Vejam o resultado no meu cabelo, essas fotos são do day after. Um pouquinho de frizz, mas bem definido.

 

Diferente do que a marca sugere, não acho que ela pesa nos fios. Então acho tranquilo usar mais de uma vez na semana. Onduladas e de cabelo liso também podem usar.

Eu paguei R$ 16,90, a embalagem é de 500g, mas com certeza vocês encontram por menos (pelo menos em São Luís). Como eu estava com dificuldade em achar a Maionese Light, quando achei comprei logo. Achei que foi uma boa compra. Apesar de não corresponder a todas minhas expectativas, é um bom produto.

Se você já usou, deixe nos comentários sua opinião.

Até a próxima!

 

Inspiração: Blorange Hair

Vocês notaram que desde o ano passado os cabelos coloridos bombaram? Eu vi demais nas ruas! Em 2017 a tendência promete continuar, especialmente numa tonalidade que está sendo chamada de blorange. Talvez você já tenha visto por aí, mas aqui quero mostrar inspirações  para crespas, cacheadas e onduladas <3

Alguns falam que esse nome é uma referência a uma fruta não muito conhecida no Brasil, outros falam que é mistura de loiro com laranja (blonde + orange), mas a verdade é que é uma cor meio difícil de definir. Parece um laranja meio desbotado, um pêssego, alguns misturam levemente com o pink… Enfim, imagens valem mais que mil palavras! Então, seguem algumas fotos para vocês se inspirarem e, quem sabe, fazer uma mudança radical esse ano!

Afro puff mode ▶️

A post shared by Nyané Lebajoa (@nyane) on

Bem Avonzudos em Nova York! @avonbrasil #deixesuamarca #markNYCtour 💣

A post shared by Karol Conka (@karolconka) on

 

E aí, quem faria? Me contem nos comentários.

Beijos!